Share, , Google Plus, Pinterest,

Postado em

Como funciona a Raiz – Movimento Cidadanista

Estrutura de Funcionamento do partido movimento

Por Acauã Rodrigues

A Raiz está estruturada no conceito de Partido-Movimento. Não é partido ou movimento, nem partido e movimento. A ideia é construir um partido que flua junto aos movimentos sociais, que esteja na retaguarda deles, ou seja, sempre em defesa deles, e que sua atuação se dê a partir da sua integração aos movimentos sociais.

O Partido-Movimento Raiz é composto por Círculos Cidadanistas, cuja ideia central é ser um órgão de interface, de fluxo, com os movimentos. Uma prova disso é que no Círculo Cidadanista os não filiados têm pleno direito de participar, propor e votar. Isto para propiciar às pessoas ligadas aos movimentos a participação direta nos Círculos Cidadanistas, sem o compromisso de ser filiado à Raiz. Existe ainda um espaço deliberativo digital do círculo que prevê um cadastro prévio do colaborador para participação.

Portanto, o Círculo, na concepção da Carta Cidadanista (documento que identifica a Raiz e apresenta suas raízes filosóficas e principais objetivos), seria formado inicialmente por ao menos três filiados e ligado diretamente a algum ativismo ou militância territorial (seu bairro, sua cidade, ou de atuação em determinado local), ou temático/identitário (atuação em movimentos, por exemplo, feminista, ecológico, LGBT, sindical etc.). Assim, o conceito do Círculo não é ser um “órgão partidário” na concepção mais tradicional, mas sim núcleos de atuação na sociedade.

No outra esfera de atuação, o “eixo partido”, que é a estrutura que configura o formato partidário, a Raiz segue o princípio federativo: município, estado e nação. Em cada um desses níveis, há apenas duas estruturas: A Teia e a Esfera.

A Teia, em cada nível federativo, é a única instância deliberativa da Raiz e, diferentemente dos outros partidos, não tem “delegados”, o voto é universal para todos os filiados no formato de democracia direta. Ela pode ser tanto presencial como digital. A Teia Digital é um ambiente de constantes debates na busca de aprofundamento de entendimentos e busca de consensos progressivos.  Até recentemente a Raiz usou a Plataforma Loomio para sua Teia Digital, mas agora já ocorre em plataforma própria e fica hospedada no endereço raiz.org.br.

As Esferas, também seguindo os três níveis da Federação, são os órgãos executivos, compostos por Coordenações e vogais, que vão executar o que for decidido na Teia. Existem trabalhos que são apenas executivos, mas a qualquer tempo um filiado pode questionar determinada ação de uma Esfera ou coordenação, e levar o assunto para a Teia.

A dinâmica deste desenho garante que os Círculos Cidadanistas sejam órgãos autônomos, de fluxo com os movimentos, e não são centralizados pelas Teias e Esferas, não são dependentes delas. Também não são deliberativos para além dos seus objetos de atuação. Eles são deliberativos totais para sua organização e atuação, e exclusivamente para isso. Mas, naturalmente, não podem se desviar dos princípios da Carta Cidadanista, e devem seguir o disposto no Estatuto. E quem regularia esta sintonia? As Teias, que são as únicas instâncias deliberativas da Raiz, e que devem zelar pelas diretrizes da Carta Cidadanista.

Quer saber mais e participar da Raiz? Acesse nossos canais de comunicação em raiz.org.br ou nas redes sociais e conheça outros documentos como o Manual do Círculo Cidadanista, Regimento da Teia Digital Nacional e o Estatuto da Raiz Movimento Cidadanista.

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *